22º Festival Força Livre de Arrancada

AOVIVO: Thays e EnORmE - Fotos: Josi e Leandro  - Vídeos: Diovane, EnORmE e Thays - Texto: Guilherme Ribeiro "GuiPutz" 

De 10 a 13 de Dezembro de 2015 o Autódromo Internacional de Curitiba recebeu o 22º Festival Força Livre de Arrancada, que a 22 anos é tradicionalmente realizado no autódromo localizado em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba/PR.
 
Durante a semana as chuvas na região atrapalharam não só os preparativos - tratamento da pista, que não apresentou seu melhor GRIP apesar dos extensos esforços de Snapple e companhia - , como os treinos e também as  puxadas, impossibilitando que boa parte das categorias completassem 3 puxadas válidas. As únicas categorias que conseguiram realizar o mata-mata foram as Desafio 201M., que iniciaram suas puxadas válidas ainda na quinta-feira.

Alguns acidentes infelizmente também fizeram parte do espetáculo, com destaque para Adriano Scariot ( GHS ), que capotou seu Gol Turbo B após os 402m, com grandes danos materiais, porém saindo ileso do acidente, e Cristian Júlio ( LosHermanos / Injepro ), que teve um pequeno incêndio em seu Opala TT, nesse caso com alguns ferimentos, mas passa bem.

No domingo o público como sempre compareceu em peso e lotou as arquibancadas, com a ajuda do sol.

todas

HotCampinas realizou a cobertura completa e mesmo com o tempo instável não deixamos de levar o Melhor do Festival para vocês, sexta, sábado e domingo AO-VIVO mais de 28h de transmissão,  foram mais de 30 vídeos na cobertura com as principais categorias e  1.000 fotos, não esqueça de curtir e compartilhar o nosso trabalho.

Veja o que aconteceu em cada categoria:

XTM –Jader Krollow ré estreou o Opala V8 pela Speed Unlimited. Agora V8 Bi-Turbo, mostrou que vem para a briga pelo recorde e registrou o tempo de 8s196. Na segunda colocação, Rodrigo “Perigoso” Leal ( Nunes ) registrou 8s680 com o Opala 6 cilindros turbo.  Márcio Mendes ( Elite ) andou pela primeira vez nos 402m. e registrou 9s232, conquistando a terceira colocação.

1

TS –A esperada puxada entre 6 cilindros e V8 não aconteceu, pois, a Caravan de Márcio Júlio teve problemas ainda no sábado. Mas Diego Busato mais uma vez deu um show e baixou o record para 7s820, com o Opala V8 feito pela Speed Unlimited. Renato Cruz representou os Dodge e conquistou a segunda colocação com 10s556.

2

STT –Vilson Ferreira ( Julieta ) andou perto do record que já é dele com 11s178 e levou a melhor. Na segunda colocação Josoé Carvalho registrou o tempo de 11s585.

3

DO –Malton Porto ( MM Motorsport )e seu Gol 16v levaram para casa mais um record, com estúpidos 10s416 nos 402m. Na segunda colocação Júlio Dalla Rosa ( Evolution Performance ) andou forte com o Ká 16v, com 11s338.

4

TO –Álvaro Dias (Clebinho Preparações) veio de Minas Gerais para registrar 11s298 e garantir a vitória. Ernesto Neto andou nos 12s459 e garantiu a segunda colocação.

DTC –Na categoria dos turbo-carburados, Nathan Mangoni (Serro Motorsport) coroou um grande ano, após andar nos 10s no Velopark, veio para Curitiba e venceu com 11s126. O recordista da categoria, Rogério Bernardi (Teruo), registrou 11s312 e conquistou a segunda colocação. Na terceira colocação, Fernando Prado (Dragster Motorsport) andou constante na casa dos 11s4, com melhor tempo de 11s437.

DTB –Na categoria mais disputada da arrancada Brasileira, Alexandre Vasconcelos (Pezinho Preparações ) venceu novamente com o tempo de 10s506. Luciano Scariot ( GHS ) registrou um belo tempo de 10s656 conquistando a segunda colocação. Fábio Zarbieli ( GCR ) andou bem perto, e conquistou a terceira colocação com 10s680.

DTA –O atual campeão Paranaense, Alessandro “Lessan” Silva ( RaceTech ) venceu com 9s413 nos 402m. Valmor Meneghatti Jr ( Schiavon ) perdeu a vitória na reação, levando o Astra ao 402m. em 9s303, andando bem perto do Record da categoria que é de 9s296 de Carlos “Lelo” Bento. Na terceira colocação Antônio “Vaqueiro” Bassoni ( MotorFort ) registrou 9s474.

5

TST –Marcos Vinícius ( Pezinho Preparações ) venceu novamente, mas dessa vez sem tempos na casa dos 9s, com 10s081. Alexandre Magno, além de andar na DT-C andou na TST e conquistou a segunda colocação com 11s027.

TT– André Schiavon ( Schiavon ) andou forte o final de semana inteiro, vencendo com 8s380. Na segunda colocação Celso Camargo ( Nunes Preparações ) registrou o tempo de 8s461. Mas o maior destaque da categoria ficou por conta de Luis “Aranha” Figueiredo ( Rápidos ), que trouxe o Chevette AP 16V de Limeira/SP para andar nos 8s, conquistando o tempo de 8s448 e chamando atenção para as parciais até 200m, mostrando que ainda tem mais cartas na manga.

6

DS –Luís Bonacorso ( AutoTec ) não registrou os temporais como de costume, perceptivelmente acertando alguma novidade, mas registrou o belo tempo de 10s278 com o Gol AP 8v. Na segunda colocação Luis Sérgio andou nos 11s565.

7

FLD –José Pasqualette ( Staudt ) andou constante na casa dos 8s5 e conquistou a vitória com 8s533. João “Tiozinho” Tasso (Sapinho Câmbios) também andou nos 8s e conquistou a segunda colocação com 8s903. Na terceira colocação a Parati de Alisson Raposo, preparador da WMS, vinha com parciais para os 8s mas acabou cruzando os 402m. em 9s8 a apenas 171km/h. Seu melhor tempo foi de 9s401.

8

DL –Gelson Silva ( MapGreen ) marcou o tempo de 7s313 para conseguir a vitória. Na segunda colocação temos Avelino Queiroz ( Powertech ) que registrou 7s712. Na terceira posição, Maurício Debarba ( SpeedUnlimited ) andou nos 7s976. Toninho Pazzini, filho do grande piloto Dejair Pazzini, conseguiu o ótimo tempo de 7s464, que poderia até lhe garantir a vitória, mas devido à reação lhe rendeu a quarta posição.

9

DT –Avelino Queiroz ( Powertech ) andou com outro dragster também pela DT, conquistando a vitória com 6s678. Na segunda colocação, Arlindo da Costa registrou o tempo de 7s927.

10

DB –Fred Favaron levou sua moto aos 402m. em 9s345, conquistando a vitória e o record da categoria. Marcus de Goz conquistou a segunda colocação com 10s475.

FLT –Alberto Aires, o Zé Louquinho precisou de apenas uma puxada para marcar 8s521 e vencer com folga a Força Livre Traseira. Na segunda colocação Anderson Maltezzo vinha com boas parciais mas registrou o tempo de 9s010 a apenas 210km/h.

11

DJr Mirim– Nícolas Alves (Grid/Dominator) venceu com 10s772 nos 201m. Luiz Carvalho ficou com a segunda colocação com o tempo de 12s534.

Djr B– Felipe “Belezinha” Luna ( Belquip / Lelo Motorsport  ) andou forte e registrou o novo record com 7s557 nos 201m. Lucas Bueno também andou nos 7s e conquistou a segunda colocação com 7s904. Gustavo Takeda perdeu a segunda colocação na reação, mas registrou 7s868 nos 201m.

12

Djr A– Pedro Alarcon andou sozinho com o Dragster Turbo ( DNT Turbos / Dominator ) e venceu com 8s325.

DES201 Dianteira –Dayson Turra ( By Boiola ) levou a melhor no mata-mata com seu Voyage, embora não tenha andado na casa dos 7s durante a prova como alguns concorrentes, foi constante nos 8s baixos e teve como melhor tempo 8s062.

DES201 Traseira –Marlon Xavier ( Street Race ) andou sobrando durante todo o final de semana com seu Fusca, constante e sozinho na casa dos 6s não teve muita dificuldade e venceu o mata-mata, com melhor tempo de 6s643 nos 201m.          

DES13,5– O mais próximo dos 13s5 foi Joselio Moraes, que levou seu Gol GTS aos 402m. em 13s598.

ST– Clóvis Weatcher ( ServCar ) confirmou o título de maior vencedor do Festival, e de quebra levou mais um record para casa. O temido Gol #98 beliscou os 11s andando 12s003. Em segundo lugar José Leonel ( Stumpf Cabeçotes ) registrou o tempo de 12s312.

 

 

Mídia

Anunciantes

master300

fullturbos300

dnt300

HOTCAMPINAS INJEPRO

metal300jun2015

arsenal300

tnt300

soracing 300

gif  hot big

avspeed300

regis300

300 160